Porquê a atividade física faz bem para a mente?

A prática regular de atividade física traz uma série de benefícios e entre eles está para a mente.

O fato é que o estresse e a correria do dia a dia desencadeiam processos emocionais negativos, como a ansiedade e o medo, que além de afetar o sistema cardiorrespiratório, a pressão arterial e o funcionamento gastrointestinal, podem causar depressão e processos degenerativos.

E infelizmente, passamos a ter problemas de memória e a ficar mais propensos a desenvolver doenças.

Atividade física e a mente

Atividade física e menteAlguns cientistas e profissionais da saúde já confirmaram que a atividade física pode ser muito mais benéfica do que uma pílula da inteligência, por exemplo.

O motivo é que à prática de exercícios proporciona grande melhora do humor e da parte cognitiva.

Outro grande motivo da prática da atividade física é que ela aumenta a capacidade cardiorrespiratória o que reduz a pressão sanguínea do corpo em repouso, o que diminui o risco de acidentes vasculares cerebrais (AVC).

A atividade física também desencadeia a liberação do gás óxido nítrico, que dilata os vasos para permitir a passagem de um maior volume de sangue.

Você sabe o que é neuroplasticidade?

Ela nada mais é do que a capacidade do sistema nervoso de mudar, adaptar-se e moldar-se a nível estrutural e funcional ao longo do desenvolvimento neuronal e quando sujeito a novas experiências.

E a atividade física favorece a neuroplascidade e a neurogênese, que é a formação de novos neurônios. Isso porquê a atividade física fortalece as conexões neuronais e estimulam as células-tronco recém-nascidas a se dividir e se transformar em neurônios funcionais no hipocampo.

Outro grande benefício da atividade física é a capacidade de melhorar o humor. Afinal, quando o corpo está se exercitando uma maior produção de serotonina é produzida, e o aumento do número de sinapses previnem a atrofia do hipocampo, associada à depressão e ansiedade.

A serotonina é um neurotransmissor que regula o sono, humor, apetite e ainda ajuda a combater a enxaqueca. E quanto mais o seu corpo produz naturalmente esse neurotransmissor, melhor será seu sono e humor.

Vale destacar que a alimentação também pode ser um ótimo estimulante natural para a produção de serotonina. Alimentos ricos em vitaminas B6, B9 e B12 são ótimos, pois estimulam a produção natural desse poderoso e importante neurotransmissor.

O Alzheimer é uma doença degenerativa que devido há morte das células nervosas do cérebro causa uma perda progressiva de memória por conta do envelhecimento.

E uma das maneiras de combater e prevenir esse problema é com a prática de exercícios físicos. O exercício estimula o hipocampo, estrutura cerebral responsável pela memória, com isso, o exercício físico pode manter o Alzheimer afastada.

E além de aumentar o condicionamento físico a atividade física melhora a agilidade, destreza, coordenação motora e a lateralidade que também são controladas pelo cérebro.